Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > CNS ratificará campanha da OMS pelo Ano Internacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Saúde e da Assistência
Início do conteúdo da página

CNS ratificará campanha da OMS pelo Ano Internacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Saúde e da Assistência

  • Publicado: Quinta, 29 de Abril de 2021, 15h26
imagem sem descrição.

Ao lado da Opas, Conass, Conasems e Ministério da Saúde, o Conselho Nacional de Saúde lançará uma Carta Compromisso pela proteção dos profissionais

O ano de 2021 foi declarado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como Ano Internacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Saúde e da Assistência. A adesão do Brasil à campanha internacional ocorrerá na sexta-feira (30/04), às 14h, durante a 4ª Reunião Ordinária da Comissão Intergestores Tripartite (CIT), que reúne o Ministério da Saúde e as representações das secretarias de saúde dos estados e municípios. A reunião será realizada na sede da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), em Brasília, e terá transmissão ao vivo pelo youtube do Departamento de Informática do SUS (Datasus).

O presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Fernando Pigatto, participará do encontro. Na ocasião, o CNS se somará à Opas, ao Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), ao Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e ao Ministério da Saúde para lançar a Carta Compromisso Agenda Brasil.

O documento destaca a necessidade “urgente de melhorar o investimento e a proteção dos trabalhadores como uma forma de valorizar seu papel. Para as entidades, é importante buscar qualidade nas condições de trabalho, dignas e seguras, para a proteção à saúde física e psicossocial dos profissionais, assim como para expandir investimentos públicos na saúde, na educação e no emprego desses trabalhadores”.

Na atividade também serão homenageadas, por meio de seus conselhos profissionais, cinco categorias da Saúde com maior índice de óbitos no enfrentamento da Covid-19: médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, odontólogos e farmacêuticos.

Campanha

As representações convidam as organizações científicas, veículos de comunicação e demais organizações da sociedade civil a se unirem às mobilizações internacionais pela valorização dos trabalhadores da saúde e assistência, especialmente durante o enfrentamento da pandemia da Covid-19.

A campanha da OMS, com duração de um ano, tem como tema “Proteger. Investir. Juntos”. É destinada a todos os trabalhadores e as trabalhadoras que atuam diretamente nos sistemas e serviços de saúde, os informais de atuação comunitária (cuidadores domiciliares, parteiras tradicionais, entre outros) e aqueles que incidem diretamente sobre os determinantes e condicionantes da saúde, que realizam trabalhos essenciais para a saúde e preservação da vida no período de enfrentamento da pandemia.

“A adesão do Brasil à campanha demonstra o compromisso para mobilizar recursos para ampliar investimentos para a superação da crise sanitária e alcançar novos padrões institucionais visando suprir as necessidades da força de trabalho em saúde nos próximos anos”, conforme consta na carta.

Saiba mais:

O quê: Lançamento da Carta Compromisso Agenda Brasil
Quando: Sexta-feira (30/04), às 14h
Onde: Reunião da Comissão Intergestores Tripartite (Cit) com transmissão ao vivo
Como assistir: Transmissão ao vivo pelo www.youtube.com/datasusaovivo

Foto: A. TOO

Ascom CNS

registrado em:
Fim do conteúdo da página