Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > NOTA PÚBLICA: CNS concorda com relatório da Conitec e convoca sociedade para contribuir em Consulta Pública sobre tratamento para Covid-19
Início do conteúdo da página

NOTA PÚBLICA: CNS concorda com relatório da Conitec e convoca sociedade para contribuir em Consulta Pública sobre tratamento para Covid-19

  • Publicado: Quarta, 17 de Novembro de 2021, 20h21
imagem sem descrição.

O Conselho Nacional de Saúde (CNS) orienta aos movimentos sociais, conselheiros de saúde, trabalhadores de saúde, cidadãs e cidadãos brasileira(o)s que participem da Consulta Pública nº 90/2021, com término em 25/11/2021, da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde (SCTIE/MS), que trata da avaliação da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec) relativa às Diretrizes Brasileiras para Tratamento Medicamentoso Ambulatorial do Paciente com Covid-19, apresentada pelo Gabinete do Ministro de Estado da Saúde.

As Diretrizes Brasileiras para Tratamento Medicamentoso Ambulatorial do Paciente com Covid-19 foram apresentadas na 6ª Reunião Extraordinária da Conitec, em 21/10/2021, com deliberação de encaminhado para Consulta Pública.

Consulta Pública Conitec/SCTIE nº 90/2021 foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) em 12/11/2021 e estará disponível para participação de 16/11 a 25/11/2021.

relatório da Conitec em síntese apresenta:

  1. Há benefício clínico, porém não é possível recomendar seu uso de rotina: anticorpos monoclonais. Então, sem recomendação, certeza da evidência moderada.

  1. Não recomendado (evidências ausentes ou insuficientes): anticoagulantes, budesonida, colchicina, corticosteróide sistêmico, ivermectina, nitazoxanida e plasma convalescente.

  1. Não recomendado (evidência não mostram benefício clínico): azitromicina, e cloroquina/hidroxicloroquina.

  1. Não há medicamentos específicos recomendados de rotina para tratamento de paciente ambulatorial com Covid-19.

O CNS tem se posicionado contrário à indicação de qualquer medicamento para tratamento da Covid-19 sem eficácia comprovada. Como pode ser observado nas publicações a seguir:

Neste sentido, apoiamos as recomendações apresentadas neste relatório.

Com estas considerações, o CNS conclama a sociedade a participar desta Consulta Pública, tendo a ciência como norteadora e respeitada, não sendo admissível a construção de narrativas políticas baseadas no negacionismo.

Participe a favor das vidas, ao concordar com o relatório apresentado nesta Consulta Pública.

E convidamos a todas, a todos e todes a seguirem as mídias sociais do CNS e se engajarem junto aos conselhos locais, municipais e estaduais de saúde na defesa da democracia, dos direitos e das vidas! SUS! Vacinas! Vidas!

Leia na íntegra recomendação do CNS sobre o tema.

Brasília, 17 de novembro de 2021

Conselho Nacional de Saúde

Foto: Divulgação/Ministério da Saúde

registrado em:
Fim do conteúdo da página