Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Desabastecimento de medicamentos está entre os principais problemas apontados pelos participantes do Projeto Integra, em Belo Horizonte

Banner etapa municipal

Início do conteúdo da página

Desabastecimento de medicamentos está entre os principais problemas apontados pelos participantes do Projeto Integra, em Belo Horizonte

  • Publicado: Terça, 10 de Maio de 2022, 10h32

O desabastecimento de medicamentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e a falta de incentivo à indústria farmacêutica estão entre os problemas identificados pelos participantes da segunda etapa do Projeto Integra, realizado em Belo Horizonte (MG), nos dias 5 e 6 de maio, para as áreas de Vigilância em Saúde, Assistência Farmacêutica, Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde.

O Projeto, promovido pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e Escola Nacional dos Farmacêuticos (ENF), com apoio da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), reuniu conselheiros, trabalhadores de saúde, usuários, gestores, pesquisadores e estudantes, que a partir de uma metodologia de escuta de experiências locais discutiram problemas e soluções para as políticas públicas de saúde.

Como dinâmica do processo, dois casos disparadores relacionados às políticas e o cotidiano da população foram apresentados e, a partir disso, os grupos de trabalho levantaram problemas e compararam suas vivências. O primeiro grupo identificou a necessidade de fomento da indústria pública de medicamentos e destacou preocupação com o monopólio das empresas privadas e as patentes, que podem ser apontados como causas da carência na assistência farmacêutica.

Entre as soluções apresentadas pelo grupo está a revogação da Emenda Constitucional (EC) 95, investimento financeiro nos laboratórios oficiais, fortalecimento da indústria farmoquímica, revisão da lei de patentes com vista à proteção da saúde pública e promoção de debates com entidades representativas de doenças raras sobre a importância da produção estatal, entre outros.

Já o segundo grupo acredita que é necessário aumentar o protagonismo do controle social no planejamento e execução das políticas públicas e incentivar o interesse coletivo pelo tema.  Para isso, indicam a necessidade de capacitar atores envolvidos acerca do papel e da importância das instâncias de controle social, divulgar os programas de saúde para a sociedade nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e eleger atores comprometidos com as políticas de saúde de interesse da sociedade.

“Os grupos partiram da discussão de dois casos iguais e chegamos a produtos completamente diferentes. Os problemas priorizados foram outros, as causas, tudo completamente diferente de um grupo para o outro e é nisso que está a beleza desse processo coletivo. Cada um tem sua vivência, sua experiência e geram resultados diferentes”, afirma a coordenadora executiva do Projeto, Lidiane Dutra.

A conselheira nacional de saúde Conceição Silva, que integra a mesa diretora no CNS e participou do encontro, reafirmou a importância dos temas selecionados no encontro e o caráter formativo do processo de discussão. “A integração de políticas que passam e perpassam por toda vida da sociedade e no dia a dia das pessoas e principalmente este momento formativo de poder discutir os problemas, apontar soluções e voltar para os territórios e fazer essa discussão maior”, avalia.

52061670651 7c4720ca47 c

Projeto Integra

O Projeto busca integrar ações em Vigilância em Saúde, Ciência e Tecnologia e Assistência Farmacêutica em um processo que envolve as vivências em todas as regiões do Brasil. Os encontros regionais estão ocorrendo de maneira presencial. Devido aos protocolos sanitários contra a Covid-19, todos os participantes são testados antes do encontro.

As próximas turmas serão realizadas em Fortaleza (CE), nos dias 19 e 20/05, Rio Branco (AC), de 2 a 3/06, Goiânia (GO), dias 23 e 24/06, São Luís (MA), em 7 e 8/07 e Florianópolis (SC), nos dias 14 e 15/07. Para participar é necessário preencher o formulário online.

Os encontros regionais ocorrem como etapa preparatória para o 9° Simpósio Nacional de Ciência, Tecnologia e Assistência Farmacêutica, que ocorrerá em setembro no Rio de Janeiro.

52061696408 9cd0e7f0a1 c

Veja o álbum de fotos

Por Mariana Arêas

registrado em:
Fim do conteúdo da página