Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Conasems cobra resposta do Ministério da Saúde sobre desabastecimento de medicamentos

17 CNS

Início do conteúdo da página

Conasems cobra resposta do Ministério da Saúde sobre desabastecimento de medicamentos

  • Publicado: Sexta, 27 de Maio de 2022, 16h55
imagem sem descrição.

O Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) encaminhou um ofício ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, cobrando resposta sobre o desabastecimento de medicamentos no Brasil. O documento foi lido na quinta (26/05), durante a reunião da Comissão Intergestres Tripartite (CIT).

No ofício consta que os medicamentos injetáveis de uso hospitalar e pré hospitalar como Dipirona Sódica 500mg/mL, Neostigmina, Ocitocina, Aminoglicosídeos (Amiicacina e Gentamicina), Imonuglobulina Humana e mais recentemente, solução de cloreto de sódio (soro fisiológico) tem sido reportado com extrema dificuldade de garantia de estoque, além da elevação dos preços praticados. Segundo o Conasems, “os serviços já reportam dificuldades em manter o funcionamento, uma vez que estes medicamentos são essenciais e o seu desabastecimento representam um sério risco a vida.

O assunto também foi destaque na 330ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Saúde (CNS), realizada na quinta (26/05).

 

Leia a cobrança do Conasems ao Ministério da Saúde

 

Ascom CNS

 

Foto: Conasems

registrado em:
Fim do conteúdo da página