Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - Informes > NOTA DE PESAR: CNS lamenta morte da socióloga Maria Elizabeth Diniz Barros, do Ipea

17 CNS

Início do conteúdo da página

NOTA DE PESAR: CNS lamenta morte da socióloga Maria Elizabeth Diniz Barros, do Ipea

Publicado: Segunda, 31 de Janeiro de 2022, 12h40

O Conselho Nacional de Saúde (CNS) lamenta a morte de Maria Elizabeth Diniz Barros, socióloga pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo, membro do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Elisabeth dedicou-se aos estudos e pesquisas em Saúde, tendo inclusive assumido a direção de Planejamento do Ministério da Saúde na presidência de Itamar Franco. A pesquisadora teve óbito registrado no domingo (30/01), em Brasília.

Defensora da Saúde como direito universal e da participação e controle social, Beth Barros, como era conhecida, participou das conferências de saúde, em especial da histórica 8ª Conferência Nacional de Saúde (8ª+8), tendo colaborado em todas as etapas, desde a conquista à implantação e o desenvolvimento do Sistema Único de Saúde (SUS), atuando junto aos gestores no Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e no Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

A contribuição de Beth é um grande legado em defesa dos direitos da população e da tranformação social por meio da pesquisa e da Saúde Pública. Sua trajetória permanecerá viva em todos aqueles e aquelas que tiveram o privilégio de conviver com este exemplo de ser humano, sempre preocupada com a defesa perene do SUS. 

Foto: Memória/Ensp

Ascom CNS

registrado em:
Fim do conteúdo da página