Home Links Úteis Fale Conosco

O CONSELHO
Apresentação
Histórico
Composição
Estrutura Organizacional
Regimento Interno
img Fluxo de trabalho
Comissões
Expediente
 
ATOS NORMATIVOS
img Resoluções
Recomendações
Moções
Legislação
 
REUNIÕES DO CONSELHO
Calendário
Pauta
Atas
 
BIBLIOTECA
Informativos
Livros
Relatórios
 
EVENTOS DE SAÚDE
img Conferências
 
PLENÁRIA DE CONSELHOS
 

 

6ª Conferência Nacional de Saúde Indígena será em maio de 2019

 

      A 6ª Conferência Nacional de Saúde Indígena (6ª CNSI) será realizada de 27 a 31 de maio de 2019 e as etapas locais e distritais devem ocorrer até 31 de dezembro de 2018. As informações constam na Portaria Nº 1.730 publicada no dia 14 de junho, no Diário Oficial da União.

 

      A 6ª CNSI ocorre num momento político crítico na história recente do país quando há uma crise institucional generalizada e são muitas as iniciativas de encolhimento dos direitos coletivos e seguridade social, especialmente através de cortes nos investimos públicos e do enfraquecimento direitos dos povos indígenas e demais minorias.

 

      Neste sentido, um dos pilares da 6ª Conferência Nacional de Saúde Indígena será a defesa da saúde como direito de todos, que só poderá ser garantida pela manutenção e fortalecimento do SUS. Entre os objetivos da conferência está a atualização da Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas, publicada em 2002, para redefinir as diretrizes e efetivar as particularidades étnicas e culturais no modelo de atenção à saúde dos povos indígenas.

 

      A conferência, que tem como tema central "Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas: atenção diferenciada, vida e saúde nas comunidades indígenas", deverá reunir cerca de 2 mil participantes de todos os estados brasileiros.

 

      O documento orientador, que deve nortear os eventos locais, distritais e nacional para a 6ª CNSI, foi aprovado na 306ª Reunião Ordinária (RO) do Conselho Nacional de Saúde (CNS), realizada nos dias 6 e 7 de junho.

 

Contra o fim das bolsas de estudos para indígenas

 

      Na 306ª RO também foi aprovada uma moção de reconhecimento ao protagonismo das populações indígena e quilombola em defesa de seus direitos, repudiando o recente corte de bolsas de estudos a essas populações, feito pelo Governo Federal e ao Ministério da Educação. Os conselheiros e conselheiras também se posicionaram contra o sucateamento da Fundação Nacional do índio (Funai).

 

Gestores de saúde indígenas

 

      O CNS também recomendou ao Ministério da Saúde, aos presidentes do Fórum de Presidentes dos Conselhos Distritais de Saúde Indígena (FPCondisi) e ao Comitê de Políticas de Gestão Ambiental e Territorial (PNGATI), que a categoria dos Gestores em Saúde Coletiva Indígena seja reconhecida e inserida nos Polos Bases, nas Unidades Gestoras dos Distritos Sanitários (DSEIS), na Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e nos serviços do SUS para desempenho de funções em que suas práticas e saberes possam ser exercidas e contribuam com a superação das desigualdades de acesso à saúde.

 

Foto: EBC.

 

Ascom CNS

 

 

Acesse a Portaria nº 1.730 de 13 de junho de 2018

 

Acesse o Documento Orientador

 

Voltar 
 

Assessoria de Comunicação do CNS
Fone: (61) 3315-2150/2151

Fax: (61) 3315-2414/2472
e-mail: comunicacns@saude.gov.br
Site: conselho.saude.gov.br

 

Conselho Nacional de Saúde - "Efetivando o Controle Social".
Esplanada dos Ministérios, Bloco “G” - Edifício Anexo, Ala “B” - 1º andar - Sala 103B - 70058-900 - Brasília, DF

I